Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Indicações

[Ciranda] Homenagem a Dona Duda

Fundaj lança documentário que homenageia a cirandeira de 98 anos

TEXTO Revista Continente

04 de Junho de 2021

No filme, Dona Duda recorda histórias e versos das mais de 200 músicas que já compôs

No filme, Dona Duda recorda histórias e versos das mais de 200 músicas que já compôs

Foto Divulgação

No dia 10 de maio foi comemorado o Dia da Ciranda. Aproveitando a data, a Fundaj lançou o documentário Dona Duda da Ciranda, que homenageia a cirandeira de 98 anos, nome fundamental do ritmo em Pernambuco. No filme, Dona Duda recorda histórias e versos das mais de 200 músicas que já compôs. O nome Duda foi escolhido pela artista – nascida Vitalina Alberta de Souza Paz, em 16 de abril de 1923, em Jaboatão dos Guararapes –, aos 8 anos. Nas décadas de 1960 e 1970, ela movimentou a Praia do Janga com cirandas feitas, inicialmente, para divertir os filhos dos pescadores, mas que logo conquistaram moradores e turistas. Dentre os músicos convidados para o documentário estão o cantor pernambucano Ed Carlos e as cirandeiras Dulce e Severina – filhas do Mestre Baracho. Segundo a Fundaj, este é o primeiro documentário de uma série dedicada a grandes personagens vivos da cultura regional. Assista no canal do Youtube da instituição.

Publicidade

veja também

[Cinema] Itaú Cultural Play

[Websérie] Recife é um ovo

[Show] Rec-Beat Apresenta