Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Indicações

[Disco] Meu Axé

Juninho do Coco lança seu primeiro álbum

TEXTO Revista Continente

29 de Julho de 2021

Juninho do Coco representa uma nova geração de coquistas em Pernambuco, tendo crescido junto a mestres da arte

Juninho do Coco representa uma nova geração de coquistas em Pernambuco, tendo crescido junto a mestres da arte

Foto Monique Silva/Divulgação

Com realização da Casa das Matas do Reis Malunguinho e Quilombo Cultural Malunguinho, nasceu o primeiro disco do jovem artista da cultura popular, Juninho do Coco, com direção musical e fonográfica de Alexandre L’Omi L’Odò. Meu axé, título do álbum, entrelaça suas raízes, a força da Jurema Sagrada, e um antigo sonho de reunir algumas das suas composições autorais, da sua avó dona Vitória Ferreira (coquista) e de outros mestres que o influenciaram. Aos 23 anos, Juninho representa uma nova geração de coquistas em Pernambuco, tendo crescido junto a artistas icônicos do gênero, como a Mestra Ana Lúcia do Coco, patrimônio vivo do estado. O projeto está disponível em todas plataformas digitais, e contou contou com incentivo da Lei Aldir Blanc de Pernambuco.

 

Publicidade

veja também

[Livro] A resistência da Ilha de Deus

[Música] Estreia solo de Ciro Belluci

[Memória] Repressão à comunidade LGBT