Curtas

Gráfica Lenta no Vale do Catimbau

Mais de 20 artistas visuais pernambucanos participam de projeto de residência artística no Parque Nacional

12 de Abril de 2024

Gravuras estão sendo produzidas em residência artística no Vale do Catimbau

Gravuras estão sendo produzidas em residência artística no Vale do Catimbau

Foto Aurélio Velho / Divulgação

De abril a junho, o coletivo Gráfica Lenta se muda fisicamente de sua sede na Galeria Maumau (Espinheiro) para o Vale do Catimbau (situado entre o Agreste e Sertão de Pernambuco). Por lá, o grupo realiza uma residência artística para criação de obras inspiradas nos símbolos do segundo maior parque arqueológico do País. Mais de vinte artistas participam da residência. Cada um deles fará imersão de 15 dias produzindo gravuras criadas em matrizes de linóleo. As obras retratarão livremente a flora da região, paisagens e o cotidiano dos moradores. 

Boa parte dos artistas residentes tem formação como arte-educadores ou experiência como artistas educadores e, ao longo de todo o período da vivência, vão compartilhar conhecimentos sobre a linguagem e técnica da linoleogravura com cinco jovens da região, contemplados com uma bolsa. “As portas da Gráfica Lenta no Vale do Catimbau estarão sempre abertas para qualquer morador/moradora que queira chegar e conhecer de perto o processo de produção de uma linoleogravura e, até mesmo, gravar seu próprio trabalho”, explica a produtora executiva do projeto, Clarice Hoffmann.

As obras resultantes da vivência serão exibidas em diferentes locais da região, facilitando o acesso e a fruição de seus moradores/as às artes, contribuindo para a inclusão sociocultural e a formação de um novo público para as artes visuais. Exposições, em formato de varal, serão montadas em pequenas comunidades rurais – Baixa Grande (27 de maio), Serrote Preto (28 de maio), Vila do Pico (29 de maio); na Aldeia Malhador, situado no Território Indígena Kapinawá (30 de maio); na Vila do Catimbau (31 de maio); no centro da cidade de Buíque (01 de junho); no povoado de Carneiro (2 de junho). No Recife, todas as gravuras criadas ao longo da residência serão exibidas no dia 29 de junho, na Galeria Maumau.

O projeto também prevê a doação do conjunto de gravuras produzidas para o Museu e Casa da Cultura Popular de Buíque, ampliando o acervo iconográfico já existente na instituição sobre o Vale do Catimbau. Para democratizar o acesso do público em geral e de pessoas com deficiência visual aos resultados do projeto, um arquivo digital será disponibilizado na página do Instagram do projeto (@graficalentacatimbau).

Artistas residentes

Beta Ferralc
Luiza Morgado
Bia Melo 
Maira Bruce
Chia Beloto 
Maria Eduarda Belém
Daaniel Araújo 
Mauricio Castro
Eduardo Montenegro 
Pollyanna Queiroz
Inabi 
Regina Carvalho
Irma Brown 
Rinaldo
Isabela Stampanoni 
Rô Cabral
Jennifer Lima 
Simone Mendes
Joana Liberal 
Sabrina Carvalho
José Paulo 
Vi Marques
Lourenço Gouveia 
Zzui Ferreira

 

Publicidade

veja também

[Exposição] “Histórias da Terra”

Celebração a Osman Lins

Livro traça história do cinema pernambucano