Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Indicações

[Animação] BoJack Horseman

Série de Raphael Bob-Waksberg, disponível na Netflix, chega ao fim na sua sexta temporada

TEXTO Revista Continente

01 de Abril de 2020

Imagem da série 'BoJack Horseman'

Imagem da série 'BoJack Horseman'

Imagem Divulgação

Depois de seis anos de existencialismo, humor ácido e antropomorfismo, o universo caótico de BoJack Horseman chega ao fim, em sua sexta temporada. Criada pelo comediante, escritor e produtor norte-americano Raphael Bob-Waksberg, a série de animação, disponível na Netflix, finaliza sua produção da mesma maneira corajosa que começou, isto é, sem apontar receitas predefinidas de felicidade e sem medo de descortinar as contradições, erros e acertos de cada personagem. Especialmente na trajetória do protagonista BoJack Horseman (Will Arnett), um cavalo-ator que vive à sombra do sucesso vivido nos anos 1990 e das feridas deixadas por uma família disfuncional. Além dele, a série apresenta as experiências de vida da escritora Diane (Alison Brie), do seu amigo desempregado Todd (Aaron Paul), de sua agente Princess Carolyn (Amy Sedaris), do ator Mr. Peanutbutter (Paul F. Tompkins) e de outros personagens, que amadurecem a cada episódio.

Publicidade

veja também

[Estreia] No ar

[Música] eu choro, não nego

[Festival] ¼ FEST: De quarto em quarto

comentários