Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Curtas

Editais culturais em tempos de pandemia

Garimpamos algumas seleções públicas e privadas voltadas a artistas e produtores culturais neste momento de crise gerada pelo novo coronavírus

TEXTO Revista Continente

24 de Abril de 2020

Ilustração Victor Augusto Tenório

*Atualizado no dia 26 de maio

[conteúdo exclusivo Continente Online]

Nesta pandemia
, os ventos que sopram de Brasília não parecem servir de alento aos mortais que esperam ações do Executivo e Legislativo do país. Além das ajudas tímidas, como o auxílio de R$ 600, que não é acessível a todos que precisam e ainda exige o uso de smartphones, temos empréstimo para pequenos empresários à taxa Selic (enquanto bancos conseguem à taxa menor). No meio disso, sai um vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril revelando que membros do governo federal, como o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, enxergam o foco da imprensa na pandemia como uma “oportunidade” para o governo “ir passando a boiada e mudando todo o regramento e simplificando normas [ambientais] (...) de baciada”. São atitudes como essas que desnorteiam os pensamentos da população quarentenada. 

A boa notícia para o setor cultural chegou somente nesta semana: foi aprovada, na Câmara dos Deputados, a Lei de Emergência Cultural (Lei Aldir Blanc), que segue para o Senado e busca distribuir R$ 3,6 bilhões para financiar a cadeia produtiva nacional. Enquanto isso, trabalhadores da cultura, que seguram parcela importante da economia (e também nossa saúde mental neste momento), se preocupam ainda mais com as instabilidades financeiras.

Dessa forma, instituições privadas e públicas lançaram alguns editais emergenciais para amparar as cadeias produtivas de cultura neste momento, tendo em vista sua importância para o país, principalmente em tempos de instabilidade emocional da população.

A Continente garimpou alguns desses editais que estão com inscrições abertas para a submissão de propostas. Salientamos, porém, a necessidade de mais políticas públicas para os profissionais do setor.

Cultura em rede Sesc-PE (Pernambuco)
Seguem abertas até o dia 29 de maio (sexta) as inscrições para a chamada pública inédita lançada pelo Sesc Pernambuco na última sexta-feira (22). Com o nome #CulturaEmRedeSescPE, o edital distribui um valor de R$ 297 mil para estimular a produção artística local nos meios digitais. Serão selecionados 160 projetos das áreas de artes cênicas (dança, teatro e circo), música, literatura, artes visuais e audiovisual, que serão beneficiados com valores de R$ 500 a R$ 3 mil. Podem participar profissionais de cultura residentes em Pernambuco há, pelo menos, seis meses. Cada proponente pode inscrever até duas ações, mas apenas uma delas será contemplada. As inscrições podem ser feitas através do site do Sesc Pernambuco.

SOS Transarte (Nacional)
A galeria Transarte iniciou, nesta quarentena, um processo de mecenato "pela manutenção da arte atuante", que busca estimular artistas a abrir o imaginário para o significado do isolamento e da distância social. O processo contempla seis artistas das áreas de pintura, gravura, fotografia, desenho e vídeo, com bolsas emergenciais no valor de R$ 1.200. Os proponentes devem enviar, até o dia 5 de junho, o seguinte material para o e-mail mecenatotransarte@terra.com.br: 1 imagem em baixa resolução do trabalho; 1 imagem em baixa resolução do processo criativo com o artista; currículo breve em um parágrafo; descrição do processo criativo em um parágrafo; telefone para entrevista. Saiba mais na página do Facebook da galeria.

25º Salão Anapolino de Arte (Nacional)
As inscrições do 25º Salão Anapolino de Arte foram prorrogadas até o dia 5 de junho e estão abertas a artistas de todo o país. A decisão da organização da mostra de artes visuais goiana acontece após serem levadas em consideração as medidas de isolamento social em decorrência da pandemia do novo coronavírus, o que impedem artistas de realizarem trabalhos que dependam de registro fotográfico em ambientes externos às suas residências. Devido às incertezas sobre o futuro, as datas de realização das próximas etapas desta edição não foram definidas. Os organizadores afirmam, porém, que assim que for seguro, será realizada a seleção dos trabalhos inscritos, para que seja possível o repasse de valores aos artistas. Infos aqui.

4º Prêmio Aliança Francesa de Arte Contemporânea (Rio Grande do Sul)
A quarta edição do Prêmio Aliança Francesa de Arte Contemporânea seleciona 10 artistas para dois meses de residência artística no Centre Intermondes, na França. As inscrições seguem abertas até o dia 29 de maio (sexta) e podem se inscrever artistas de artes visuais contemporâneas em qualquer técnica (desenho, pintura, escultura, gravura, fotografia, instalação, performance, vídeo, arte digital, arte sonora, arte têxtil, arte urbana e técnicas mistas, entre outras). Os proponentes precisam morar no Rio Grande do Sul e podem submeter até três obras. Mais informações no site da Aliança Francesa Porto Alegre.

Confira o regulamento completo e a ficha de inscrição.

1ª edição de premiação de espaços culturais independentes (São Paulo)
Através da Secretaria Municipal de Cultura, a Prefeitura de São Paulo abriu, no último dia 9, chamamento público para a 1ª edição de premiação de espaços culturais independentes na cidade de São Paulo. Trata-se de um edital com inscrições abertas até o dia 7 de junho, cujo objetivo é premiar espaços culturais independentes que possuem histórico de realizar atividades culturais voltadas às linguagens circenses, teatro, dança, música, artes plásticas e outras linguagens artísticas, assim como pontos e pontões de cultura, promovendo cultura como principal agente de transformação social. O edital vai contemplar até 100 projetos, divididos em duas categorias: uma com premiação de R$ 8 mil e outra com premiação de R$ 12 mil. 

Confira aqui o edital.

Calendário das artes 2020 (Bahia)
A Fundação Cultural do Estado da Bahia, vinculada à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SECULT/BA), lançou edital para o Calendário das Artes 2020, cuja oitava edição será realizada em formato virtual. Serão selecionadas 200 propostas que estimulem o desenvolvimento das artes nos diversos territórios de identidade do estado da Bahia e que sejam difundidas através de plataformas virtuais. As inscrições estão abertas até o dia 1º de junho e podem se inscrever artistas, criadores, produtores e grupos artísticos exclusivamente do Estado da Bahia. A premiação é de R$ 2.500 e as inscrições podem ser feitas aqui.

Minas arte em casa (Minas Gerais)
A Assembleia Legislativa de Minas Gerais abriu edital para selecionar apresentações artísticas para o Minas arte em casa, programa que será exibido na TV Assembleia, além de fazer parte da grade da programação virtual da instituição. Serão selecionadas 40 propostas de apresentações inéditas de artes cênicas e de música popular e erudita, desenvolvidas em plataformas digitais. O edital e a ficha de inscrição podem ser conferidos aqui.

Publicidade

veja também

SABER DE PARTEIRA

Chama

Aeroporto Central

comentários