Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Curtas

Editais culturais em tempos de pandemia

Garimpamos algumas seleções públicas e privadas voltadas a artistas e produtores culturais neste momento de crise gerada pelo novo coronavírus

TEXTO Revista Continente

24 de Abril de 2020

Ilustração Victor Augusto Tenório

*Atualizado no dia 30 de setembro de 2020

[conteúdo exclusivo Continente Online]

Nesta pandemia
, os ventos que sopram de Brasília não parecem servir de alento aos mortais que esperam ações do Executivo e Legislativo do país. Chegamos à triste confirmação de mais de 143 mil brasileiros mortos por COVID-19 enquanto o primeiro escalão do Governo Federal bate cabeça junto com o Congresso sobre questões orçamentárias para uma possível substituição do Bolsa Família que, à princípio, serviria para dar continuidade ao auxílio fincanceiro às famílias de baixa renda no período pós-pandemia.

A boa notícia para o setor cultural continua sendo a Lei de Emergência Cultural (Lei Aldir Blanc), aprovada na Câmara dos Deputados e no Senado e com sansão presidencial, e busca distribuir R$ 3 bilhões para financiar a cadeia produtiva nacional. Enquanto assistimos a discutível retomada das atividades econômicas, o poder público ainda se reorganiza para fazer esse incentivo chegar aos artistas e grupos através dos estados e municípios. Enquanto isso, trabalhadores da cultura, que seguram parcela importante da economia (e também nossa saúde mental neste momento), se preocupam ainda mais com as instabilidades financeiras.

Dessa forma, instituições privadas e públicas lançaram alguns editais emergenciais para amparar as cadeias produtivas de cultura neste momento, tendo em vista sua importância para o país.

A Continente garimpou alguns desses editais que estão com inscrições abertas para a submissão de propostas. Salientamos, porém, a necessidade de mais políticas públicas para os profissionais do setor.

Bolsa fotográfica ZUM - Instituto Moreira Salles (Nacional)

A Bolsa de Fotografia ZUM/IMS chega à sua 8ª edição e, neste ano, selecionará dois projetos inéditos de artistas e fotógrafos. O objeivo é que os selecionados que desenvolvam e aprofundem seu trabalho no campo da fotografia, nas mais diversas vertentes, sem restrição de tema, perfil ou suporte. Os projetos inscritos serão avaliados por uma comissão constituída por curadores Instituto Moreira Salles juntamente com um convidado externo cujo trabalho é reconhecido na área. Serão considerados quesitos como a qualidade artística, qualificação do candidato e a viabilidade prática do projeto. Cada bolsa corresponde a um valor de R$ 65 mil. Os aprovados terão um prazo de oito meses para entregar o projeto finalizado, que será adicionado à Coleção de Fotografia Contemporânea do Instituto Moreira Salles.

As inscrições estão abertas até o dia 2 de novembro de 2020 e podem ser feitas no site do IMS.

LEI ALDIR BLANC - Prefeitura Municipal de São Paulo (São Paulo)

Inicia-se nesta quarta-feira (30), e segue até o dia 11 de outbro, o cadastro junto à Prefeitura Municipal de São Paulo (SP) para o pagamento do auxílio a territórios e espaços culturais e artísticos que tiveram suas atividades interrompidas pelas regras de isolamento social decorrentes da pandemia do novo coronavírus. A iniciativa também lança editais de premiação que irão contemplar diversas linguagens artísticas.

Essas ações emergenciais contam com investimento de R$ 70.854.049,80, dos quais R$ 20 milhões serão destinados ao pagamento de subsídios mensais com valor variável entre R﹩ 3.000,00 e R﹩ 10.000,00 em três parcelas, que serão pagas de uma única vez para auxiliar a manutenção de territórios/espaços geridos por pessoas, instituições culturais, microempresas e pequenas empresas culturais, organizações culturais comunitárias e cooperativas. O restante do valor, R$ 50.854.049,80, será destinado às chamadas públicas, editais e premiações, que visam beneficiar técnicos culturais, artistas, coletivos, núcleos, grupos, produtores, agentes culturais e educadores culturais.

O cadastro será feito por meio do SP Cultura.

Funarte Arte em Toda Parte (Nacional)
Publicado no dia 17 de agosto, o Edital da Funarte (Fundação Nacional de Artes) vai premiar oficinas educativas elaboradas em vídeo e voltadas para educação em artes visuais, circo, dança, teatro e música. Ao todo, serão 494 oficinas selecionadas e cada premiado receberá R$ 4 mil. É necessário ter atuação comprovada na área e ser maior de 18 anos. Também podem se inscrever pessoas jurídicas de natureza cultural, com ou sem fins lucrativos, com sede no país. As inscrições podem ser feitas por aqui até o dia 2 de outubro. Já o edital completo está disponível por aqui.

Sistema de Incentivo à Cultura
(Pernambuco)
Para a classe artística recifense, a partir do dia 24 de agosto, a Prefeitura do Recife retoma o Sistema de Incentivo à Cultura (SIC) e deve destinar R$ 5,6 milhões para produção artística em suas diversas linguagens (música, artes cênicas, audiovisual, fotografia, literatura, artes visuais, artesanato, cultura popular e patrimônio artístico e cultural). Ao todo, serão analisados os 200 projetos já inscritos. O resultado da seleção será anunciado no dia 3 de outubro, acompanhe no site.

Prêmio São Paulo de Literatura (nacional)
Estão abertas até o dia 8 de outubro as inscrições para a 13ª edição do Prêmio São Paulo de Literatura. Nele, os autores slecionados nas categorias "Melhor Romance de Ficção do Ano de 2019" e "Melhor Romance de Ficção de Estreia do Ano de 2019" receberão o prêmio de R$200 mil cada. Para se inscrever, as obras devem ter sido escritas originalmente em português e ter sua primeira edição e impressão no Brasil em 2019, além de possuir formato impresso da primeira edição com ISBN emitido em 2019. O edital está disponível no site premiosaopaulodeliteratura.org.br e em cultura.sp.gov.br.

 

Publicidade

veja também

'Takorama' investe na educação digital de crianças

Flecha

Títulos da Cepe são finalistas do Troféu HQ Mix

comentários