Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Indicações

[Lululoops] Fusão entre regional e eletrônica

A artista Lulu Araújo lança o segundo álbum voltado ao público infantil

TEXTO Revista Continente

02 de Maio de 2022

Novo disco da pernambucana traz dez faixas e dialoga com a convergência de sonoridades

Novo disco da pernambucana traz dez faixas e dialoga com a convergência de sonoridades

Imagem: Reprodução

Percussionista de formação, até hoje lembrada como uma das Fadas Magrinhas, a pernambucana Lulu Araújo explora novos rumos artísticos no seu segundo álbum voltado ao público infantil. Nas dez faixas, Lululoops busca a convergência de sonoridades e, partindo de bases eletrônicas, explora elementos regionais na perspectiva de múltiplas parcerias. Em Trava-língua, canta com Chinaina; em Rappy, brinca com Claudia Soul e Mariane Bigio; convida sua filha Fernanda para gravar os vocais em Um dia perfeito; e faz releituras de Moreno e Caetano Veloso (How beautiful could a being be), Naná Vasconcelos (Forró do Antero) e Alessandra Leão (Tubarão). Com produção de Missionário José, o disco tem Leo D na mixagem, teclados e sintetizadores, Gilú Amaral na percussão e as participações de Marley no Beat, Diversitrônica, Estesia e dos produtores Ricardo Fraga, Pedro Itan e Kassin.

Publicidade

veja também

[Livro] A resistência da Ilha de Deus

[Música] Estreia solo de Ciro Belluci

[Memória] Repressão à comunidade LGBT