Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Indicações

[livro] Paul B. Preciado e a sua ‘Pornotopia’

Publicação reflete sobre sistemas de representação da sexualidade

TEXTO Revista Continente

07 de Janeiro de 2021

Imagem Divulgação

Um dos filósofos mais instigantes do contemporâneo, sempre a trafegar nos estudos de gênero na perspectiva de implodir a heteronormatividade, Paul B. Preciado tem mais um livro seu lançado pela n-1 edições. Em Pornotopia – PLAYBOY e a invenção da sexualidade multimídia, ele investiga as relações entre arquitetura e tecnologia a partir do império da indústria pornográfica. Sob inspiração da heterotopia de Michel Foucault, e com a sua contumaz habilidade na escrita, Preciado conjuga uma ampla reflexão sobre sistemas de representação da sexualidade, partindo de revistas como a Playboy (que começou a circular em 1953), das garçonnières e de objetos de design para discutir as estratégias de produção e manutenção da noção de gênero na contemporaneidade.

Publicidade

veja também

[Videodança] Entranhas marcas

[Festival] É Tudo Verdade

[Música] Memeu