Indicações

[literatura] 'As primas', de Aurora Venturini

TEXTO Revista Continente

01 de Dezembro de 2022

Imagem Divulgação

A bem-vinda e abundante chegada de autoras com vozes personalíssimas nos possibilita a leitura de histórias que somente elas poderiam nos contar. São situações e dicções que enriquecem nossa experiência como leitores. Uma dessas vozes que nos chegam com potência é a da argentina Aurora Venturini (1921-2015), com o romance As primas (Fósforo, 160 pp.). “As primas é uma história de família e de mulheres. É, dizia Aurora, uma história autobiográfica”, comenta a também argentina Mariana Enriquez, no prefácio ao romance. “As primas é o monólogo contado por uma idiota, mas não tão cheio de fúria: na verdade, é cheio de desassossego e, principalmente, de nojo”, completa. A trajetória literária de Venturini é insólita: embora já tivesse publicado dezenas de livros, é com este As primas, aos 85 anos, que recebe o seu primeiro prêmio literário. Acompanhe as violações e reações das personagens deste breve romance pessimista.

Publicidade

veja também

[ARTE] “B'ECO”

[MOSTRA] Max Motta e Whittney de Araújo

[MOSTRA] RELICÁRIAS