Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Indicações

[Leitura] O manuscrito de La Maga

Romance, recentemente lançado, é recheado de referências a cânones da literatura mundial

TEXTO Revista Continente

02 de Janeiro de 2020

O livro foi lançado pela editora Desconcertos

O livro foi lançado pela editora Desconcertos

Ilustração Divulgação

Batizou-se de 'O manuscrito de La Maga' o resultado da inquietude de Waldecy Tenório com as amarras literárias que prendem os romances e os artigos acadêmicos. O livro, lançado recentemente pela editora Desconcertos, trata-se de um romance recheado de referências a cânones da literatura mundial. O ex-professor da pós-graduação em Ciências da Religião da PUC-SP e doutor em filosofia pela USP narra, com diversão e humor, a busca de um livro perdido de Santo Agostinho, usando como ponto de partida O nome da rosa, de Umberto Eco. O romance se apropria de personagens como La Maga, de Cortázar, Ludmila, de Ítalo Calvino e o Inspetor Maigret, de Georges Simenon.

Publicidade

veja também

[Livro] A resistência da Ilha de Deus

[Música] Estreia solo de Ciro Belluci

[Memória] Repressão à comunidade LGBT