Indicações

[Fotojornalismo] Evandro Teixeira, Chile, 1973

Exposição apresenta recortes da política da América Latina por meio de fotografias, livros, fac-símiles, entre outros objetos

TEXTO Revista Continente

03 de Abril de 2023

Exposição está no IMS-SP

Exposição está no IMS-SP

Foto Luciana Veras

Uma exposição de recorte histórico importante para o contexto das democracias na América Latina foi aberta em março e permanece em cartaz até o dia 30 de julho no IMS da Avenida Paulista (SP). Trata-se de Evandro Teixeira, Chile, 1973, que reúne cerca de 160 fotografias, livros, fac-símiles e outros objetos, como máquinas fotográficas e crachás de imprensa usados pelo profissional ao longo de sua carreira. Nome seminal do fotojornalismo brasileiro, Evandro Teixeira (1935) atuou na imprensa por quase seis décadas, tendo registrado bastidores da política, manifestações contra a ditadura civil-militar no Brasil, entre outros acontecimentos. A atual exposição concentra-se na sua cobertura do golpe militar no Chile, em 1973. Entre os fatos registrados por ele no país, Evandro destaca a morte e o enterro do poeta Pablo Neruda (foto). Com curadoria de Sergio Burgi, a mostra também contará com publicação de livro-catálogo e tem entrada gratuita.

veja também

Play Rec realiza curso online

Virtuosi celebra maestro Clóvis Pereira

Claudia Abreu encarna Virginia Woolf