Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Indicações

[Disco] Atemporal

Hugo Linns relê hinos de carnaval

TEXTO Revista Continente

01 de Março de 2022

Capa do álbum

Capa do álbum

Imagem Divulgação

Versões de clássicos do frevo há muitas, porém conseguir extrair algo novo e interessante dessa tarefa é mais difícil. Em seu quinto álbum, Atemporal, o compositor, violeiro e produtor pernambucano Hugo Linns apresenta arranjos inventivos, rebuscados e envolventes para alguns dos maiores hinos do carnaval pernambucano, como Voltei, Recife, Cabelo de Fogo, Vassourinhas, Frevo mulher, Hino do Elefante, Hino da Pitombeira e ainda um frevo inédito, Mordendo a língua, cujo título refere-se ao fato de o artista já ter afirmado que nunca tocaria o gênero musical, devido à exigência que este impõe a qualquer músico. Mas os 26 anos de carreira de Hugo Linns o levaram a rever a ideia e a aceitar o autodesafio. Com sua viola dinâmica, o artista leva as melodias desses frevos a transitar por outros estilos e confirma as possibilidades sonoras para o gênero musical centenário.

Publicidade

veja também

[Livro] A resistência da Ilha de Deus

[Música] Estreia solo de Ciro Belluci

[Memória] Repressão à comunidade LGBT