Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Indicações

[Autobiografia] Simone de Beauvoir

Romance autobiográfico ganha uma edição brasileira pela editora Record

TEXTO Revista Continente

04 de Junho de 2021

Capa da edição brasileira de 'As inseparáveis'

Capa da edição brasileira de 'As inseparáveis'

Foto Divulgação

Inseparáveis são Sylvie e Andrée, as duas protagonistas do livro, mas também foram Simone e Zaza fora da literatura. Escrito por Simone de Beauvoir em 1954, cinco anos após O segundo sexo, este romance autobiográfico ficou guardado nos arquivos da autora até sua morte, em 1986. Chegando ao mercado editorial francês em 2020, acaba de ganhar uma edição brasileira pela Record. Baseada na estreita e transformadora amizade que teve com Élisabeth Lacoin (Zaza), Simone faz em As inseparáveis um exercício psicanalítico bonito de volta à infância e adolescência, desde o momento em que conhece Zaza até sua morte precoce, aos quase 22 anos. Uma linha tênue entre ficção e realidade que encanta pela franqueza da narrativa. A edição inclui fotografias e fac-símiles de cartas trocadas entre Simone e Zaza.

Publicidade

veja também

[Museu] MUTHA

[cinema] 2ª Mostra de Cinema Árabe Feminino

[single] Leave me alone