Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Indicações

[Romance] A costureira da Rua Quinze

Romance voltado ao público juvenil e adulto homenageia Nise da Silveira, expoente da luta antimanicomial

TEXTO Revista Continente

01 de Julho de 2021

Capa do livro

Capa do livro

Imagem Divulgação

A psiquiatra alagoana Nise da Silveira se tornou expoente da luta antimanicomial ao questionar o que é ser louco – palavra tantas vezes apontada como arma contra vozes de mulheres – e o que é ser livre. Por sua postura libertária, o escritor, professor e terapeuta Hugo Monteiro Ferreira dedica-lhe o seu livro A costureira da Rua Quinze. Voltada ao público juvenil e jovem adulto, a obra questiona o machismo, ao contar as histórias de Tininha, Esmeralda e Angélica, mulheres que precisam chegar até Elvira, a costureira da Rua Quinze. Em seus caminhos até ela, enfrentam obstáculos desafiadores, em narrativa que aborda temas como a violência doméstica e o feminicídio. O romance pode ser encontrado no site da editora Confraria do Vento.

Publicidade

veja também

Esta cidade anfíbia e seus caminhos

“Me considero um experimentalista”

Mulheres androides no cinema