Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Perfil

Ruth Rocha

Uma autora de mais de 200 histórias completa 90 anos

TEXTO Erika Muniz

01 de Março de 2021

A autora Ruth Rocha

A autora Ruth Rocha

Foto Divulgação

[conteúdo na íntegra na impressa e digital | ed. 243 | março de 2021]

contribua com o jornalismo de qualidade

“Era uma viagem inventada no feliz.”
João Guimarães Rosa, As margens da alegria, em Primeiras estórias

Certa vez, no finalzinho da década de 1960, durante uma visita a uma grande amiga, Ruth Rocha atendeu aos pedidos para que escrevesse uma das histórias que contava à sua filha Mariana. Na casa onde morou a atriz e escritora Sonia Robatto, localizada na Granja Viana, zona oeste de São Paulo (SP), Ruth concentrou-se na produção do texto, acompanhada somente de uma máquina de datilografia, uma resma de papel e algumas boas ideias – que nunca a abandonariam dali por diante. O desafio era que ela só saísse de lá quando concluísse a narrativa. E foi justo o que aconteceu, após algumas horas de silêncios intercalados a barulhinhos de teclas. Romeu e Julieta (1977), seu primeiro conto, seria publicado na revista Recreio. A autora de clássicos como Marcelo, marmelo, martelo (1976), O reizinho mandão (1978), Bom-dia, todas as cores (1976) e mais de 200 outros títulos, que este mês comemora 90 anos, desabrochava junto àquele processo de escrita. Desde que descobriu a satisfação e seu enorme talento em compor histórias para crianças, ela nunca mais deixou de inventá-las.

CONTEÚDO NA ÍNTEGRA
NA EDIÇÃO IMPRESSA E DIGITAL (APP)*

*Edição digital para assinantes e venda avulsa, a R$ 8,99

Publicidade

veja também

Flavão

O corpo na poesia de Lubi Prates

[Streaming] Publius lança 'singles' e faz 'live'