Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Indicações

[Música] The slow rush

Banda australiana Tame Impala lança quarto disco

TEXTO Revista Continente

02 de Março de 2020

Capa do novo disco

Capa do novo disco

Foto Reprodução

Cinco anos após Currents (disco que transformou o tesouro indie Tame Impala em headliner dos principais festivais de rock do mundo), foi lançado agora seu sucessor, The slow rush (ouça aqui). Espécie de sequência do anterior, a obra aprofunda e embala em disco music psicodélica o tom confessional de seu criador, Kevin Parker. Embora seja tratada como banda, o Tame Impala é resultado da genialidade do compositor australiano de 33 anos, que, além de compor, toca todos os instrumentos, arranja, produz e grava suas composições. Durante esse hiato entre um disco e outro, Parker fez colaborações com outros artistas, como Mark Ronson, Kanye West e Lady Gaga. The slow rush foi gravado no período de um ano. E, ao longo desse tempo, o autor liberou algumas músicas para conter a ansiedade dos fãs, que agora podem ouvir a totalidade das 12 faixas. A única falha desse aguardado quarto disco do Tame Impala é a ausência de Patience, lançada em março de 2019. Em sua coluna Mirantea repórter Débora Nascimento escreve sobre o mais recente disco e as intempéries que atravessaram o processo de criação. 

Publicidade

veja também

[Animação] BoJack Horseman

[Disco] Cantoras interpretam Gilvandro Filho

[Série] Nós, humanos, em estudo

comentários