Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Indicações

[filme] A sombra do pai

Com suspense e fantasia, segundo longa-metragem de Gabriela Amaral entra em cartaz no Recife

TEXTO Revista Continente

06 de Maio de 2019

Foto Divulgação

Gabriela Amaral Almeida gosta do cinema de gênero e ainda bem que segue sua intuição: em maio, ela retorna às telas com o imperdível A sombra do pai. Se, no primeiro longa-metragem, O animal cordial, já manejava com ousadia as ferramentas narrativas, agora a realizadora sobressai com sua capacidade de alimentar o horror nosso de cada dia. No enredo, Dalva (Nina Medeiros) é uma menina de nove anos que mora com o pai, o taciturno viúvo Jorge (Júlio Machado, de Joaquim), ainda mais silencioso após a morte do melhor amigo. O frágil equilíbrio familiar é rompido quando Cristina (Luciana Paes), irmã de Jorge, deixa de cuidar dos dois para se casar. Isolada, sem diálogo com o homem que deveria lhe servir de norte, Dalva impulsiona a certeza de que seus poderes sobrenaturais hão trazer sua mãe de volta. Gabriela aposta na fantasia como “materialização dos dramas internos dos personagens” e mostra por que é uma das autoras mais talentosas em atividade no Brasil. O filme já está em cartaz no Cinema da Fundação (Derby e Museu).

Publicidade

veja também

[cinema] Mostra de Cinema Esloveno

[artes cênicas] Palco giratório

[cinema] semana do audiovisual

comentários