Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Indicações

[Exposição] O tempo é implacável

Mostra da artista plástica Juliana Gontijo é baseada no poema 'O rio', de João Cabral de Melo Neto

TEXTO Revista Continente

05 de Junho de 2019

Foto Divulgação

A artista visual mineira Juliana Gontijo apresenta, pela primeira vez, sua arte no Recife. Embora ainda não tivesse conhecido a cidade, foi a sua relação com ela e com os rios pernambucanos que se tornaram o mote para a exposição, intitulada O tempo é implacável. A partir da troca de cartas com o artista plástico recifense Paulo Bruscky, Juliana produziu suas impressões e reflexões sobre o sujeito que se percebe em trânsito pelo território, motivadas pelo poema O Rio, de João Cabral de Melo Neto. Com a curadoria de Wagner Nardy, a artista expõe pinturas, desenhos, monotipias que se dividem em dois momentos: o primeiro, no qual a artista guarda diversas impressões a respeito de lugares atravessados, e o segundo, quando ela faz uma colagem de cores, formas, palavras e sons para criar uma nova paisagem, aproximando o público de um universo de reconhecimentos e estranhamentos. A mostra fica em cartaz até 16 de junho no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães.

Publicidade

veja também

[Teatro] Cartas

[Curso] O que é a Bienal do Barro?

[Exposição] Curva do mundo

comentários