Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Indicações

[em casa] A história da eternidade

Ganhador de vários prêmios, filme de Camilo Cavalcante está disponível gratuitamente na internet

TEXTO Olívia Mindêlo

15 de Abril de 2020

Irandhir Santos em seu personagem do filme

Irandhir Santos em seu personagem do filme

Foto Divulgação

Quem já assistiu ao longa-metragem pernambucano A história da eternidade, provavelmente não saiu indiferente. Quem não assistiu tem agora a chance de consumir algo muito especial nesta quarentena, de forma gratuita. A equipe do filme liberou o link completo (use a senha fiqueemcasa): https://vimeo.com/140516144. Se desta vez não será uma experiência em tela grande, ao menos será uma fruição muito oportuna para este tempo estendido, de ponteiros arrastados. Uma condição de fruição que combina com a história, muito bem-filmada, surpreendente e impactante. O filme tem seu próprio tempo; dentro e fora da narrativa. Talvez porque a obra nos apresente o passar da vida pela ótica de três mulheres vivendo no Sertão, com suas subjetividades e idades distintas (Alfonsina, por Débora Ingrid; Dona das Dores, por Zezita de Matos; e Querência, por Marcélia Cartaxo). Mas não é só isso; é a forma mesmo com a qual o diretor Camilo Cavalcante conta essa história, cujo roteiro precisou de mais de uma década para ser concluído (e o filme estreou em 2014). Por sinal, o texto acaba de virar livro pelas mãos da Cepe Editora. Preste atenção no papel do ator Irandhir Santos, que vive um artista inquieto em meio a uma realidade que não lhe cabe. Essa é uma chance imperdível, não deixe de ver.

Publicidade

veja também

[Música] Heaven to tortured mind

[Álbum] Dreamland

[Em casa] Inhotim

comentários