Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Indicações

[Instagram] A vida sob quarentena, por Patti Smith

Em meio ao ápice das lives, as transmissões ao vivo nos perfis do Instagram, seguir Patti Smith é um alento

TEXTO Revista Continente

05 de Maio de 2020

Siga @thisispattismith para ter instantes de pura alegria no seu dia dentro de casa.

Siga @thisispattismith para ter instantes de pura alegria no seu dia dentro de casa.

Para além do Covid-19, talvez esse período entre para a história da humanidade como o ápice das lives, as transmissões ao vivo nos perfis do Instagram. Por isso é um alento seguir Patti Smith nessa rede social de fotos e vídeos: porque a musa punk, que lançou o seminal álbum Horses (1975), morou com Robert Mapplethorpe no lendário Chelsea Hotel e, de uns anos para cá, lapidou a verve de escritora (Só garotos, de 2010, e Linha M, de 2016, entre outros), não faz lives, e, sim, nos convida a descobrir maravilhas da sua biblioteca (Woolf, Rilke, Joyce e Rimbaud). Algumas vezes, ela declama (como fez com Ariel, de Sylvia Plath), em outras ela apenas evoca as sensações que determinado texto lhe trouxe. E ainda tem postagens em que ela reverencia alguém que admira, a exemplo de Joan Baez (que por sinal fez uma bela reedição de Imagine, de John Lennon, já sob quarentena). Siga @thisispattismith para ter instantes de pura alegria no seu dia dentro de casa. Afinal, como ela mesma diz, we are all alive together.

Publicidade

veja também

[Festival] ¼ FEST: De quarto em quarto

[Curta] Texas

[Shows] Prêmio Grão de Música

comentários