Clique ao lado para visualizar o sumário da nova CONTINENTE.

Indicações

[Disco] O canto dos trabalhadores

Dez anos depois do primeiro disco, a Cia. Cabelo de Maria volta com mais de 20 cantigas de diversas localidades do país

TEXTO Revista Continente

01 de Outubro de 2018

O disco conta com a participação de integrantes da Comunidade de Trabalhadores Rurais de Serra Preta, da Bahia

O disco conta com a participação de integrantes da Comunidade de Trabalhadores Rurais de Serra Preta, da Bahia

Imagem Reprodução

“Quem canta seus males espanta”, diz um conhecido ditado popular. O certo é que soltar a voz ajuda, sim, em muitas coisas. Trabalhadores rurais costumam entoar cantigas quando estão trabalhando em mutirões, como se a cantoria tivesse o poder de apaziguar o esforço físico e também fizesse o tempo passar mais depressa. São canções para plantar, colher, quebrar o coco... Justamente essas canções foram gravadas pela cantora e instrumentista Renata Mattar e o seu grupo Cia. Cabelo de Maria, no CD Cantos de Trabalho II – o primeiro disco, lançado em 2008, foi um dos mais vendidos pelo selo Sesc. O novo álbum reúne mais de 20 temas recolhidos e catalogados nas mais diversas localidades do Brasil. Há cocos e cantigas das destaladeiras de fumo de Arapiraca, Alagoas; outras, de pisar o chão de barro na colheita do arroz, no Crato, Ceará; ou a música entoada na raspagem da mandioca em Barrocas, na Bahia. A tradição das modas e toadas foi lindamente registrada.

Publicidade

veja também

[Revista] Volume 35 da Estudos Universitários

[Catálogo] Carimbos de José Cláudio

[Livro] George Bataille: Documents

comentários